A importância do terapeuta

red_papoulajpg

A partir do entendimento dos conceitos das essências, qualquer um pode indicar um tratamento para si, conhecidos e familiares. E muitas vezes essas indicações têm um resultado eficaz, especificamente se o que causa o incômodo ou mal estar for algo bastante pontual, como uma prova ou vestibular, uma queda sem grandes consequências, um susto, enfim, algo pontual e sem uma história anterior.

Mas, nem todos os desequilíbrios que vivemos têm causa consciente. A origem de um comportamento em desequilíbrio algumas vezes  pode se confundir com a nossa própria história, envolvendo a maneira como achamos que devemos nos conduzir e a forma como lidamos com os fatos. Nesses casos, alguém “de fora” do processo de construção de um padrão de comportamento ou de uma crença familiar, pode ouvir e espelhar sem influências o que a pessoa traz para ser revisto, ressignificado e reequilibrado. Aqui, a figura de um terapeuta qualificado vai fazer toda a diferença no processo terapêutico.

Outra situação que evidencia a importância do terapeuta, é a forma como as essências florais atuam no nosso sistema. As essências atuam equilibrando o que está em desarmonia e, a cada equilíbrio alcançado, elas podem  trazer para a percepção do indivíduo uma outra emoção ou comportamento que também deve ser trabalhado. E só quem está “de fora” tem melhor condição de aprofundar e trazer à consciência do cliente / paciente esta situação e reconhecer quais as essências que melhor podem atuar nessas questões. Assim, essa emoção ou comportamento pode ser considerada nas próximas fórmulas e é desta maneira que a terapia floral vai transcorrer e avançar. Equilibrando e trazendo para a consciência novas situações até chegar ao núcleo ou próximo ao núcleo de um problema. Problema este que provavelmente desencadeou o quadro e as característica que trouxeram a pessoa para a terapia.

Quando se chega ao núcleo, ou próximo dele, existe a possibilidade da adoção de um novo padrão de conduta. E é desta forma que as essências florais atuam na mudança de comportamento e não apenas no equilíbrio das emoções.

Assim, uma pessoa que esteja “de fora” do ponto de vista de quem vivencia essas situações, pode estar mais atenta a essas novas características e adequar a fórmula de maneira mais eficiente.

Dedique um tempo para achar este profissional que junto com você, numa parceria, vai ajuda-lo a viver de maneira mais plena, equilibrada  e conectado com as suas potencialidades.

Informações importantes:
. Florais não são medicamentos, são remédios para o autocuidado, de uso livre e sem efeitos colaterais (OMS).
. As essências florais trabalham pelo equilíbrio emocional e mental dos indivíduos, atuando no corpo físico por conseqüência desta harmonia;
. O tratamento com florais não substitui tratamentos médicos tradicionais ou vice-versa.
. As essências florais são melhor aproveitadas dentro de um tratamento terapêutico, embora a sua utilização circunstancial seja de grande benefício.
. Nunca interrompa um tratamento médico sem a anuência do seu médico.

Comportamento saudável

red_lily

Papo de Terapeuta – Neste texto você vai encontrar um pouquinho sobre esse assunto. Mas, o que é um comportamento saudável? E o que podemos fazer para alcançar isso?

Criança interior

red_close

Papo de Terapeuta – Criança interior é um termo muito utilizado em várias áreas das terapias. Você sabe afinal do que se trata a criança interior?

Seu amigo ou familiar faz terapia?

flor_cera

Papo de Terapeuta – Quando alguém fala pra você que está fazendo terapia, qual a sua reação? Você sempre entende e aceita essa escolha ou lá no fundo batem dúvidas ou desconfianças sobre as terapias?

Psicologia humanista

red_poppy

papo de Terapeuta – A linha psicológica que mais traz paralelos adequados a terapia floral é a psicologia humanista. Você sabe o que é?

  • 0

    Avaliação

  • Avalie

Compartilhar