Psicologia humanista

red_poppy

De todas as abordagens psicológicas, a humanista é a que mais se assemelha a prática da terapia floral. Ambas são centradas no indivíduo, no seu momento e no seu conflito / desequilíbrio.

Um dos principais focos da terapia floral é a volta ao equilíbrio a partir do reconhecimento da sua singularidade e do retorno ao propósito de sua natureza como indivíduo e suas realizações.

De certa maneira, esse também é um dos focos da psicologia humanista que entende o indivíduo como um ser integral, digno na sua essência e o melhor qualificado para direcionar as suas transformações em busca do equilíbrio e plenitude.

 

O Começo:
Nos anos 60 foi adotada a abordagem humanista num cenário onde até então reinavam a psicanálise e o berhavoarismo.

A partir dos estudos de Carl Rogers e também de Abraham Maslow, os valores da abordagem humanista passaram a ser cada vez mais absorvidos e vindos de encontro aos valores de outras escolas com formações teóricas diferentes mas, que também divergiam da visão freudiana.

 

Conceitos:
Basicamente essa abordagem centra a terapia no indivíduo, no reconhecimento da sua auto-imagem, na sua necessidade de auto-realização e na sua qualificação para indicar o rumo das suas próprias mudanças. Ninguém melhor que o próprio indivíduo para reconhecer a si mesmo e decidir sobre o seu próprio caminho.

 

Os principais conceitos da abordagem humanista são::
.  O reconhecimento de si compreendidos e descritos a partir das sua visão pessoal e subjetiva do mundo, sua percepção do Eu e dos seus sentimentos de valor próprio.
.  As pessoas não são motivadas somente por impulsos básicos de necessidades fisiológicas ou de subsistência. Elas sentem necessidade de desenvolver as suas capacidades e os seus potenciais  para alcançar a auto-realização, tirando o foco somente do controle do ego ou da adaptação ao meio.
. O significado e os valores do indivíduo devem ser os condutores centrais do processo, valorizando menos os métodos rigorosos ou até mesmo a objetividade na interpretação das observações.
. A dignidade da pessoa é o valor fundamental. O foco é compreender e não prever ou controlar indivíduos.
. O papel do terapeuta é atuar em ressonância àquele que é atendido enquanto o mesmo explora e analisa seus conflitos.

Informações importantes:
. Florais não são medicamentos, são remédios para o autocuidado, de uso livre e sem efeitos colaterais (OMS).
. As essências florais trabalham pelo equilíbrio emocional e mental dos indivíduos, atuando no corpo físico por conseqüência desta harmonia;
. O tratamento com florais não substitui tratamentos médicos tradicionais ou vice-versa.
. As essências florais são melhor aproveitadas dentro de um tratamento terapêutico, embora a sua utilização circunstancial seja de grande benefício.
. Nunca interrompa um tratamento médico sem a anuência do seu médico.

Comportamento saudável

red_lily

Papo de Terapeuta – Neste texto você vai encontrar um pouquinho sobre esse assunto. Mas, o que é um comportamento saudável? E o que podemos fazer para alcançar isso?

Criança interior

red_close

Papo de Terapeuta – Criança interior é um termo muito utilizado em várias áreas das terapias. Você sabe afinal do que se trata a criança interior?

A importância do terapeuta

red_papoulajpg

Papo de Terapeuta – Qual a importância do terapeuta e qual a função básica dele num processo terapêutico? Você sabe porque é importante investir um tempo para encontrar um terapeuta adequado?

Seu amigo ou familiar faz terapia?

flor_cera

Papo de Terapeuta – Quando alguém fala pra você que está fazendo terapia, qual a sua reação? Você sempre entende e aceita essa escolha ou lá no fundo batem dúvidas ou desconfianças sobre as terapias?

  • 5

    Avaliação

  • Avalie

Compartilhar

Também pode te interessar